Anatoli

Anatoli

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O MISSAL DE PAULO VI E A REFORMA DA REFORMA LITÚRGICA


 

O pontificado de Bento XVI deu uma atenção especial à chamada “reforma da reforma”. O foco era corrigir as imprecisões e aberturas do Missal de Paulo VI, que dão espaço a interpretações protestantes da Celebração Eucarística. Mas quais são essas aberturas e como elas surgiram? E qual deve ser a posição dos católicos frente a esses problemas? Assista à gravação do último programa Ao vivo com Padre Paulo Ricardo e tire todas as suas dúvidas a respeito desse assunto tão caro à nossa fé cristã.